Marketplace é um bom negócio para todos?


A cada dia, o e-commerce chama mais a atenção dos lojistas e, um canal se destaca em questionamentos: o marketplace.


O marketplace é conhecido por lojistas, que já desbravaram e vendem no canal diariamente, por outro lado, ainda é uma incógnita para muitos que não entendem como funciona ou se faz sentido expor seus produtos.


Como funciona o marketplace?


O conceito de marketplace é uma grande loja virtual, com tráfego elevado, permitir que outros lojistas exponham seus produtos em suas páginas, fazendo com que os consumidores possam encontra-los.


É como um shopping, com várias lojas e produtos expostos, possibilitando que os consumidores encontrem o que precisam no mesmo lugar.


Mercado Livre, Americanas.com, Submarino, Extra, Walmart, Amazon são alguns nomes de grandes sites que são marketplaces.



Você já vende em Marketplaces?

Conheça o CONEXÃO MARKETPLACE, o guia ideal para quem quer começar neste Universo Digital

CLIQUE AQUI e saiba tudo para vender muito nos Marketplaces


A questão é, o marketplace é válido para todas as empresas?


A empresa só paga o que vender, se não vender, não tem custo, certo? Errado!


Publicar seus produtos no marketplace envolvem custos de plataforma, ERP, integração, e se, não for automatizar o processo, precisará de alguém para fazer os cadastros por planilhas, controlar estoque e atualizar as informações constantemente, enfim, seja com sistemas ou pessoas, tem custo.


E não é só colocar o produto para vender. É preciso fazer um bom trabalho, criar boas estratégias, ganhar relevância. Muitos produtos pegam carona no match com outros lojistas (quando dois ou mais lojistas vendem o mesmo produto, a associação deles se chama match).


E quando sua loja vende produtos exclusivos, de nichos? Vale a pena expor nos marketplaces?


Essa é uma questão delicada. Imagine um produto exclusivo e uma loja sem relevância. Como o produto será vendido? Como o produto será encontrado pelo consumidor se ele não souber que o produto existe?


Uma loja de nicho pode ter mais dificuldade em ter relevância nos marketplaces, pois compete com todos os vendedores, de todas as categorias.


Saber em qual marketplace iniciar é fundamental para não investir no canal errado.


Já existem muitos marketplaces de nicho, focados em categorias específicas, como por exemplo, Netshoes, de esportes, Dafiti, de moda, Mobly, de móveis, e vem muito mais por aí.


Na Marketplace Brasil, fazemos um planejamento da sua categoria e colocamos sua loja nos marketplaces que fazem mais sentido para seu negócio.


Além disso, fazemos desde a consultoria até a gestão de sua loja nos marketplaces.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square